Home Quem Somos? História da Música Fale Conosco
Biografia
Discografia
Fotos
   
   

Sérgio Reis, nome artístico de Sérgio Bavini, chamado carinhosamente pelos amigos como "Serjão", (nascido em São Paulo em 23 de junho de 1940) é um cantor sertanejo brasileiro, famoso pelo seu repertório diversificado. Anteriormente vinculado à Jovem Guarda - época de sucessos como "Coração de papel", de sua própria autoria.
Gravou seu primeiro disco de música sertaneja com a música "Menino da Gaita" em 1972. Seguiu-se o sucesso de "Menino da Porteira", "Adeus Mariana", "Disco Voador", "Panela Velha", "Filho Adotivo", "Pinga ni Mim" e várias outras canções. Seu disco "O Melhor de Sérgio Reis", lançado em 1981, vendeu mais de 1 milhão de cópias.
Como ator, trabalhou em algumas telenovelas, como Pantanal, na extinta TV Manchete, e "Paraíso" e "O Rei do Gado, na Rede Globo. Em 1982, na primeira versão da novela Paraíso, Sérgio Reis atuou como Diogo. Atuou também na novela "O Bicho do Mato" da TV Record.
Na telenovela "O Rei do Gado", o personagem de Sérgio fazia uma dupla sertaneja com o personagem de Almir Sater, e a dupla era denominada na telenovela "Pirilampo e Saracura", tendo gravado, inclusive, músicas para a trilha sonora.
No ano de 2002, Sérgio Reis prestou uma homenagem a Roberto Carlos, com o CD intitulado "nossas canções", onde "Serjão" interpretou músicas interpretadas pelo Rei Roberto Carlos, de autoria deste em parceria com Erasmo Carlos e de outros compositores.
No ano de 2003, Sérgio Reis gravou seu primeiro DVD, intitulado "Sérgio Reis e Filhos - Violas e Violeiros", e como o próprio título diz, "Serjão" teve seus filhos como músicos na apresentação.
Em março de 2009, o cantor Sérgio Reis também foi homenageado com a reestréia do filme “O Menino da Porteira” protagonizada agora pelo cantor Daniel – no papel do boiadeiro Diogo. O filme teve sua primeira versão em 1976 dirigidas por Jeremias Moreira Filho – o mesmo dirigiu a segunda versão.
No dia 16 de março de 2009, estreou a segunda versão da novela Paraíso exibida novamente no horário das 18 horas pela Rede Globo, com adaptação de Edmara Barbosa e colaboração de Edilene Barbosa, e tendo a supervisão do pai de ambas, Benedito Ruy Barbosa, autor da trama original. Nesse remake, o cantor Daniel interpreta o peão Zé Camilo que na versão anterior foi interpretada por Sérgio Reis.
Em agosto, a gravadora Som Livre lançou uma Coletânea de Sérgio Reis comemorando os 50 Cantando o Brasil com 4 Volumes trazendo os melhores e marcantes sucessos da carreira do cantor. Na mesma sequência, a mesma gravadora lançou a Coletânea Grandes Amigos da Viola com 3 CDS – neste trabalho, os cantores Almir Sater e Renato Teixeira registram aqui os mais importantes sucessos de suas carreiras.
Recentemente Serjão recebeu a 6ª indicação para o Grammy Latino, a maior premiação de música da América Latina. E não deu outra: em novembro, o cantor levou mais uma estatueta para casa na categoria “Melhor Álbum de Música Sertaneja” com o álbum Coração Estradeiro (o primeiro prêmio veio em 2000). O artista, que concorreu com Victor e Leo, César Menotti e Fabiano, Edson e Hudson, entre outros, mostrou que seu coração está pulsando mais forte do que nunca. E vale lembrar: Sérgio Reis é o artista brasileiro que mais vezes foi indicado ao prêmio. “Estou surpreso e emocionado por mais uma estatueta de um prêmio de tamanha importância como o Grammy. Fico extremamente feliz ao saber que a música de raiz tem seu espaço e que tem crescido mantendo a sua história”, confidenciou Serjão.
Em breve tem novidade para os fãs: Sérgio Reis vai gravar um novo CD/DVD em parceria com Renato Teixeira, o qual será lançado pela gravadora Som Livre. O projeto contará com a participação de seu filho Paulo e com os filhos do Renato, João e Chico, formando uma família só de músicos talentosos.
Aguarde que as violas estão chegando em grande estilo. Em fevereiro de 2010, São Paulo será o palco de muita emoção e música da melhor qualidade.

Discografia:
• Coração de papel - 1967
• Anjo triste - 1969
• Sérgio Reis - 1973
• João de Barro - 1974
• Saudade de minha terra - 1975
• Retrato do meu sertão - 1976
• Sérgio Reis - Disco de ouro - 1977
• O menino da porteira - 1977
• Relaciones Internacionales - 1977
• Mágoa de boiadeiro - 1978
• Natureza - 1978
• Sérgio Reis - 1979
• Sérgio Reis - 1980
• Sérgio Reis - Disco de ouro - 1980
• Boiadeiro errante - 1981
• O melhor de Sérgio Reis - 1982
• Os grandes sucessos de Sérgio Reis - 1982
• A sanfona do menino - 1982
• Sérgio Reis - Disco de ouro - 1983
• Sérgio Reis - 1983
• Sérgio Reis - 1984
• Sérgio Reis - 1985
• O melhor de Sérgio Reis - Vol. 2 - 1985
• Sérgio Reis - 1987
• Sérgio Reis - 1988
• Sérgio Reis - 1989
• Pantaneiro - 1990
• Sérgio Reis - 1991
• Sérgio Reis - 1993
• Sérgio Reis - Acervo Especial - 1993
• Ventos Uivantes - 1994
• Grandes sucessos de Sérgio Reis - 1995
• Os originais - Sérgio Reis - 1995
• Marcando estrada - 1996
• O rei do gado - 1996
• Vida violeira - 1997
• Boiadeiro - 1997
• Sérgio Reis - coleção JT - 1998
• Sérgio Reis do tamanho do Brasil - 1998
• Essencial - 1998
• Sérgio Reis - popularidade - 1999
• O essencial de Sérgio Reis - 1999
• O melhor de Sérgio Reis - 1999
• Série Bis - Jovem Guarda - 2000
• Sérgio Reis - dose dupla - 2000
• 40 anos de estrada - 2000
• Sérgio Reis & convidados - 2000
• Sérgio Reis - 2000
• Sérgio Reis - 100 anos de música - 2001
• Sérgio Reis - nossas canções - 2002
• O Divino espírito do sertão - 2003
• Sérgio Reis e filhos - violas e violeiros - 2003 (Atração)
• Tributo a Goiá - 2007
• Coração Estradeiro - 2008 (Atração)
• Coletânea 50 Anos Cantando o Brasil (4 Vols.) 2009 Som Livre.
• Coletânea Grandes Amigos da Viola 93 (CDS) 2009 Som Livre

Trabalhos na televisão:
• Paraíso (1982 - Rede Globo) - Diogo
• Pantanal (1990 - Rede Manchete) - Tibério
• O Rei do Gado (1996/1997- Rede Globo)- Zé Bento (Saracura)
• Canavial de Paixões (2003/2004- SBT)- como ele mesmo
• Bicho do Mato (2006 - Rede Record)- Geraldo

 



SÉRGIO REIS

CONTATOS PARA SHOWS:

Sunshine: (11) 3068-7700
e-mail: comercial@sunshine.art.br

FÃ-CLUBE:

e-mail: faclube@sunshine.art.br
Falar com Lizandra
Fone: (11) 3068-7700