Home Quem Somos? História da Música Fale Conosco

 

NÍZIO E NÉZIO

"OS TENORES DO SERTÃO"

 

José Ferreira Lemos, o Nízio, nasceu em Delfinópolis, no estado de Minas Gerais, em 1930. Começou a cantar com apenas 8 anos de idade.
Ludovico Patrinhani, o Nézio, nasceu em Lençóis Paulista, no interior do estado de São Paulo, no dia 24 de março de 1934 e, antes de conhecer o Nízio, formou com Joel Antunes Leme a dupla "Matinho e Matão", a qual chegou a se apresentar na Rádio Clube de Santo André/SP.
Pouco tempo depois a dupla "Matinho e Matão" se desfez, ocasião na qual o "Matinho" formou dupla com Valdomiro de Oliveira, mudando seu nome artístico para Pedro Bento.
Ludovico deixou de ser o "Matão", tendo adotado o nome artístico de "Nézio" e, por sugestão de Zé Capoeira do "Trio Paulistano", formou com José Ferreira a dupla "Nízio e Nézio". Era o ano de 1956. Joel Antunes Leme também integrava o "Trio Paulistano" antes de formar com Ludovico a dupla "Matinho e Matão" e com Valdomiro de Oliveira a dupla Pedro Bento e Zé da Estrada.
José Ferreira já havia escolhido antes o pseudônimo de "Nízio" e já vinha sendo considerado como grande compositor. Suas músicas já vinham sendo gravadas por grandes duplas, como Nenete e Dorinho, Primas Miranda, Zico e Zeca, Liu e Léu, Priminho e Maninho, entre outras.
A estréia de "Nízio e Nézio" como dupla aconteceu no Programa do Trio Paulistano na Rádio Difusora de São Paulo/SP.
No ano de 1958, a dupla gravou seu primeiro Disco 78 rpm na Colúmbia, com a toada "Aquela Carta" e o cateretê "Amor de Estudante". A indicação para essa gravação partiu do compositor Serrinha, que os observava quando eles se apresentavam como convidados do Programa do Trio Paulistano na Difusora.
Algum tempo depois, Nízio e Nézio trocaram a Difusora pela Rádio Bandeirantes, onde receberam apoio do Capitão Barduíno, do Comendador Biguá e do Zacarias Mourão.
Nízio e Nézio gravaram um total de 16 músicas em 8 discos 78 rpm pelos selos Colúmbia, Todamérica, RGE, Caboclo e Continental, com destaque para "Senhora Aparecida", "Os Degraus da Fama", "Vamos Fazer a Colheita", "Amor de Estudante", "Paixão de Carreiro" e "Serrana".
Apesar do crescente sucesso, a dupla Nízio e Nézio, por motivos particulares, se desfez no início da década de 60.
Nízio formou então com Antônio Francisco (o Nestor da Viola) a dupla "Nízio e Nestor", que também durou pouco e se desfez repentinamente com o falecimento do Nízio, ocorrido em 03 de novembro de 1966.
Nízio e Nestor gravaram 1 disco de 78 rpm, 04 compactos e 04 LPs.
Nézio, por sua vez, formou por curto período uma dupla com Amado Jacob que, pouquíssimo tempo depois, formou a famosa dupla com seu irmão Antônio Jacob, a dupla Jacó e Jacozinho.
Nézio formou com outro companheiro a dupla "Nézio e Genésio" que lançou na gravadora Monterrey um compacto simples com as músicas "Não Chores Por Mim" (Genésio e Caçula) e "Volte Meu Amor" (Genésio e José Silva). No entanto, Nézio também, por motivos particulares, deixou a carreira de violeiro, enquanto Genésio, com outro companheiro, formou outra dupla, também chamada "Nésio e Genésio" que, apesar da mesma pronúncia, grafava o nome com "s", e gravou um único disco que foi um compacto duplo com as músicas "Amor Proibido" (Ramoncito Gomes), "Se Tu Voltares" (Genésio e João Ventura), "Coração de Pedra" (Genésio e B. Linhares) e "Sem Teus Carinhos" (Nésio e Genésio). Esse compacto duplo, portanto, não teve a participação do Nézio, apesar da dupla ter usado seu nome artístico, diferindo apenas na grafia com "s".
Nézio reside atualmente em Curitiba/PR.

Texto: Sandra Cristina Peripato

 

MÚSICAS DE AUTORIA DE NÍZIO

 

- A Culpada Foi Você - Carijó, Nizio e E. L. Ferreira
- Abismo - Zé do Rancho e Nizio
- Abismo de Dor - Benedito Seviero e Nizio
- Aliança Contrariada - Lourival dos Santos e Nizio
- Amor de Estudante - Moacir dos Santos e Nizio
- Amor Proibido - Braz Baccarin e Nizio
- Amor Sincero - Nizio e Sebastião Aurélio
- Aquela Carta - Serrinha e Nizio
- Bebendo Pra Esquecer - Tião Carreiro e Nizio
- Berrante da Saudade - Teddy Vieira e Nizio
- Bolero Triste - Nizio e Paulo Augusto
- Brigas de Amor - Nizio
- Cabelo Preto - Tião Carreiro e Nizio
- Cantar da Seriema - Zacarias Mourão e Nizio
- Conselho - Nizio e Benedito Seviero
- Contigo em Meus Braços - Jair Gonçalves e Nizio
- Coração Ingrato - Nizio
- Culpada - Nizio e Emílio A. Gonçalves
- Deixa-me em Paz - Nizio
- Desilusão - Benedito Seviero e Nizio
- Divisa da Minha Vida - Nizio e Palmeira
- Doce Ilusão - Nizio e Mário Aguinaldo
- Dois Forgazões - Nizio
- Dois Poemas - Nizio e Napoleão
- Dois Punhais - Nizio e Teddy Vieira
- Exemplo - Nizio
- Falso Carinho - Nizio
- Filho de Boiadeiro - Nizio e Nestor
- Fim de uma Noite de Orgia - Nizio
- Flor do Campo - Nizio e Nenete
- Fracasso da Vida - Sereno e Nizio
- Fracasso de Amor - Luiz de Castro e Nizio
- Fumando e Bebendo - Teddy Vieira e Nizio
- Ilusão Perdida - Teddy Vieira e Nizio
- Leva-me em Teus Braços - Nizio
- Linda Goiana - Sulino e Nizio
- Mágoas de um Boêmio - Teddy Vieira e Nizio
- Me Deixa em Paz - Nizio
- Menina de Praia - Nizio e Goiá
- Meu Amigo - Nizio e Teddy Vieira
- Meu Destino - Lourival dos Santos e Nizio
- Meu Tormento - Nonô Basílio e Nizio
- Minha Derrota - Nizio e Oraí
- Minha Felicidade - Nizio e Sebastião Vito
- Minha História - Arlindo Pinto e Nizio
- Minha Vida em Tuas Mãos - Nizio
- Não Bebas Por Mim - Nizio e Piraci
- Não me Pergunte - Waldomiro Bariani Ortêncio e Nizio
- Não Quero que Ele Saiba - Nizio e Teddy Vieira
- Não Vivo Sem Teu Amor - Nizio
- Nossa Culpa - Zé do Rancho e Nizio
- O Amor Não Conhece Fronteiras - Nizio
- O Papa Figo - Reginaldo Rossi e Nizio
- O Prisioneiro - Teddy Vieira e Nizio
- O Teu Amor - Nizio e Eurípedes Lemos
- Pecado de Amor - Nizio e Piraci
- Por Onde Andarás - Nizio e Paulo Augusto
- Pressentimento - Nizio
- Prima Porfíria - Nizio e José Russo
- Prisioneiro - Nizio e Teddy Vieira
- Quem Me Dera - Nizio
- Quero Te Beijar - Pedro Bento e Nizio
- Rainha do Paraná - Nizio
- Reverso - Nizio
- Santa Rita de Cássia - Nizio, Eno A. Lemos e Guilhermino F. Florentino
- Sempre Comigo - Lourival dos Santos e Nizio
- Sentenciado - Benedito Seviero e Nizio
- Sentimento Profundo - Nizio
- Só Deus Castiga - Teddy Vieira e Nizio
- Só Deus Sabe - Paulo Augusto e Nizio
- Somente Esta Noite - Nizio
- Sou Demais em Teu Caminho - Lourival dos Santos e Nizio
- Só Você - Serrinha e José Ferreira Lemos
- Taça da Dor - Nizio e Benedito Seviero
- Taça da Ilusão - Nizio e Teddy Vieira
- Tango da Saudade - Nizio e Benedito Seviero
- Tempo de Criança - Nestor e Nizio
- Teu Desprezo - Nizio e Piraci
- Teu Fracasso - Luizinho e Nizio
- Tormento - Nizio e Amaury Caldine
- Tormento - Paulo Augusto e Nizio
- Tropeiro Velho - Lourival dos Santos e Nizio
- Tua Falsidade - Nizio e Nelson Gomes
- Tudo Por Nada - Nizio e Paulo Queiroz
- Twist à Caipira - Nizio e Meirinho
- Uma Sombra em Tua Vida - Nizio e Paulo Augusto
- Vida de Minha Vida - Teddy Vieira e Nizio
- Volúvel - José Fortuna e Nizio

 

DISCOGRAFIA

 

78 ROTAÇÕES

 

 

NÍZIO E NÉZIO
S/D - TODAMÉRICA - TA-5796
A - Só Você - José Ferreira Lemos e Serrinha
B - Os Degraus da Fama - Lourival dos Santos e Biguá

 

NÍZIO E NÉZIO
1957 - COLÚMBIA - CB-10382
A - Aquela Carta - Serrinha e Nízio
B - Amor de Estudante - Nízio e Moacir dos Santos

 

NÍZIO E NÉZIO
1959 - TODAMÉRICA - TA-5839
A - Tropeiro Velho - Nízio e Lourival dos Santos
B - A Culpada Foi Você - Nízio, E. L. Ferreira e Carijó

 

NÍZIO E NÉZIO
01/1960 - RGE - Nº 10203
A - Nossa Culpa - Nízio e Zé do Rancho
B - Sempre Comigo - Nízio e Lourival dos Santos

 

NÍZIO E NÉZIO
1960 - CABOCLO - CS-390
A - Minha Derrota - Nízio e Oraí
B - A Saudade Vai no Peito - Lourival dos Santos, Borandi e Jaguarão

 

NÍZIO E NÉZIO
1961 - CABOCLO/CONTINENTAL - CS-409
A - Vamos Fazer a Colheita - Ramon Cariz e Sebastião Vito
B - Meu Destino - Nízio e Lourival dos Santos

 

NÍZIO E NESTOR
03/1964 - SERTANEJO - CH-10402
A - Teu Infeliz Casamento - Rubens Armani, João Gonçalves e Onésimo David
B - Nem Sempre o Amor é um Sonho Bom - Rubens Gonçalves, José Mariano e Ramiro Rizzo

 

 

COMPACTOs

 

NÍZIO E NESTOR - 1966 - CHANTECLER - C-16136
01) Burro Chucro - F. A. Bezerra de Menezes
02) Barretos 1.910 - F. A. Bezerra de Menezes

 

NÉZIO E GENÉSIO - MONTERREY
01) Não Chores Por Mim - Genésio e Caçula
02) Volte Meu Amor - Genésio e José Silva

 

LPs

 

NÍZIO E NESTOR - O AMOR SEMPRE VENCE - 1965 - CHANTECLER - CH-3113
01) O Amor Sempre Vence -
02) Amor Proibido -
03) Negra Recordação -
04) Eterno Prisioneiro -
05) Morrendo de Amor -
06) Volúvel -
José Fortuna e Nízio
07) Meu Castigo -
08) Um Lugarzinho no Céu -
Nestor
09) Minha Cruz -
10) Cruel Destino -
11) Cigana -
12) Maldito Amor -

 

NÍZIO E NESTOR - CRUEL ABANDONO - 1979 - CHANTECLER - CH-3079
01) Campa Fria - Nestor
02) Guitarra da Solidão -
03) Sempre Sozinho -
04) A Noite -
05) Nem Sempre o Amor é um Sonho Bom - Rubens Gonçalves, José Mariano e Ramiro Rizzo
06) Adeus Mãezinha -
07) Seresteiro Magoado -
08) Cruel Abandono -
09) Vestida de Branco -
10) Desventura -
11) Teu Infeliz Casamento -
Rubens Armani, João Gonçalves e Onesimo David
12) Cantina -

 

NÍZIO E NESTOR - 1979  
01) Campa Fria - Nestor
02) Guitarra da Solidão -
03) O Amor Sempre Vence -
04) Amor Proibido -
05) Coisinha Linda -
Nestor
06) Luz da Minha Vida -
07) Seresteiro Magoado -
08) Cruel Abandono -
09) Meu Castigo -
10) Um Lugarzinho no Céu -
Nestor
11) Não Saberás -
12) Flor da Lama -

 

MÚSICAS

 

 

FOTOS

 

Visual LightBox Gallery generated by VisualLightBox.com
Nízio e Nézio  - 001 Nízio e Nézio  - 002 Nízio e Nézio  - 003 Nízio e Nézio  - 004 Nízio e Nézio  - 005 Jorge Paulo, Nízio e Isaías Apolinário Nízio - 001 Nízio - 002 Nízio - 003 Maikel Monteiro e Nézio Nézio - 001 Nézio - 002 Nézio - 003 Nézio - 004 Nézio e Genésio Nízio e Nestor - 001 Nízio e Nestor - 002 Nízio e Nestor - 003 Nízio e Nestor - 004 Nízio e Nestor - Reportagem Revista Melodias visual lightbox for MACby VisualLightBox.com v6.1