Home Quem Somos? História da Música Fale Conosco

 

JOÃO PACÍFICO

 

João Batista da Silva nasceu em Cordeirópolis, no interior do estado de São Paulo, no dia 05 de agosto de 1909 e faleceu em Guararema/SP no dia 30 de dezembro de 1998, e ganhou o apelido de João Pacífico dada a sua surpreendente serenidade, evitando sempre se meter em qualquer situação encrencada. Seus avós foram escravos; sua mãe era escrava alforriada e seu pai era maquinista de trem.
Sua vida foi a clássica história do menino pobre do interior, da zona rural, que lutou pela sobrevivência na cidade grande. De Cordeirópolis, mudou-se para Limeira ainda pequeno e, com 10 anos foi morar em Campinas, onde participou da percussão na Orquestra Sinfônica local. Trabalhou também como copeiro na residência das irmãs do compositor erudito Antônio Carlos Gomes (autor da ópera "O Guarany", e também da canção "Quem Sabe"). Tal emprego e também o da Orquestra Sinfônica, com certeza o ajudaram a desenvolver e apurar seu bom ouvido musical, apesar de nunca ter aprendido música e de não saber tocar nenhum instrumento, exceto bateria que havia aprendido um pouco na adolescência.
Aos 15 anos de idade, em julho de 1924, o jovem João Batista da Silva descia do trem na Estação da Luz, na capital paulista com uma carta de recomendação que o apresentava como honesto e calmo, perfeito para trabalhar de faz-tudo numa fábrica de tecidos na Barra Funda. Fervia naquele momento a Revolução Paulista (5 a 27/07/1924) e, nas ruas do centro de São Paulo, os soldados com fuzis e baionetas afugentavam as pessoas que passavam, já que o tiroteio começava às 06 horas da manhã em ponto. Foi nesse cenário de guerra o primeiro contato de João Pacífico com a cidade grande.
De temperamento discreto, manteve-se sempre longe dos holofotes, mesmo quando esteve no auge do sucesso. Era também um mestre em elegância e bom humor.
Lendário na música caipira raiz, amigo de Mário de Andrade e de Guilherme de Almeida, com um número incalculável de músicas de sua autoria gravadas por intérpretes que vão desde Raul Torres e Florêncio até Chitãozinho e Xororó.
Apesar do enorme número de composições, muitas das quais ainda inéditas, ele gravou apenas um disco, no qual ele cantou e declamou, tendo sido acompanhado pela viola de Tião do Carro e do conjunto "Os Macambiras" (viola, bandolim e violões): trata-se de "João Pacífico - Documento Sertanejo" lançado pela Berrante/WEA em julho de 1980.
Em 1933, tendo João Pacífico conquistado a simpatia e a amizade do escritor Guilherme de Almeida, foi, munido de uma carta por ele escrita, à Rádio Record, procurando pelo cantor Paraguassu, o qual o recebeu apressado e repassou o jovem João Pacífico ao Raul Torres - o então "Embaixador da Embolada". Raul, simplesmente descartou a embolada "Seu João Nogueira" que João Pacífico levava escrita e disse que não tinha tempo a perder e que a jogasse no cesto do lixo... João Pacífico, com seu merecido apelido, apesar de cordato, não desistiu e, num outro dia, conseguiu que Raul Torres lesse a letra da embolada e ouvisse o próprio João cantar e mesma.
Imediatamente, Torres anunciou que era parceiro de João Pacífico a partir daquele instante e que gravaria na Odeon a embolada "Seu João Nogueira" (na qual homenageava o violonista da Rádio PRC-9 de Campinas - por sinal, tendo o mesmo nome artístico do falecido grande sambista carioca João Nogueira). Nascia naquele momento uma das parcerias mais produtivas da nossa boa música brasileira.
Também se deve ao grande João Pacífico a criação do gênero "Toada Histórica" na qual era declamada uma poesia que antecedia a parte cantada. "Chico Mulato" (Raul Torres e João Pacífico) foi a composição inaugural desse gênero, a qual foi difícil conseguir a gravação na RCA, pois, dadas as limitações tecnológicas da época, a toada completa, com a parte declamada, simplesmente não caberia num lado do 78 rpm. Como Torres e Pacífico não abriam mão de manter a composição em sua integridade, sem tirar nem por, o diretor da RCA-Victor Mr. Evans pediu aos técnicos da gravadora que reduzissem a distância entre os sulcos do disco, para que coubesse "Chico Mulato" na íntegra: a parte declamada mais a parte cantada.
Após algumas experiências, Mr. Evans e os técnicos conseguiram e finalmente "Chico Mulato" ocupou o lado B do disco da RCA-Victor e, como a mesma foi bastante tocada nas emissoras de rádio, não demorou para que Mr. Evans pedisse para João Pacífico uma outra daquelas cantar e falar... E o sucesso seguinte foi "Cabocla Tereza" (Raul Torres e João Pacífico). E tal foi o sucesso que "Cabocla Tereza" virou filme em 1982 sob a direção de Sebastião Pereira com Zélia Martins no papel principal e participação especial de Jofre Soares. O próprio diretor também representou o assassino da cabocla na película.
Brás Baccarin diretor artístico da Chantecler/Continental de 1962 a 1977 de um certo modo redescobriu João Pacífico, através do lançamento do LP do Duo Glacial, em 1970, com 12 composições de sua autoria.
A partir do disco do Duo Glacial, João Pacífico passou a ser chamado para entrevistas e participações em programas de TV, e passou a ser regravado e também reconhecido pela imprensa.
Também não pode deixar de ser mencionado o fato que inspirou João Pacífico a compor a letra de um dos mais belos e inspirados Em 1944, uma seca terrível castigava o interior paulista. Em Barretos, João Pacífico (que para lá havia viajado para se apresentar numa exposição de gado) viu os fiéis rezando e fazendo promessa numa procissão, para que a chuva viesse. A reza pela chuva inspirou João Pacífico que escreveu a letra de "Pingo D'água", que logo foi musicada pelo Raul, que imediatamente gravou juntamente com o parceiro Florêncio. E, coincidência ou não, choveu no interior paulista apenas dois dias depois do lançamento de "Pingo D'água" e, em Barretos João Pacífico e Raul Torres, quando por lá apareciam, eram até chamados de feiticeiros.
Em 1955, aos 46 anos e com pneumonia, conheceu Deolinda Rodella (Deda), filha de italianos, separada, que falava vários idiomas e trabalhava como tradutora numa empresa de telégrafos. Ela o acolheu em sua casa e passou a cuidar dele até que se restabelecesse. No início foram amigos apenas. Mas a amizade foi crescendo e transformou-se em amor para sempre. Em 1958, nasceu o único filho do casal que recebeu o nome do pai: João Baptista da Silva, o Tuca. João e Deda se casaram em 1983, após 38 anos de convivência. Dois anos depois nasceu a neta Ana Carolina, filha de Tuca, que daria muitas alegrias a João Pacífico. Para tristeza de João, Deda faleceu em 1990.
Em 30 de dezembro de 1998, no entanto, esquecido pela mídia e pelo mercado, João Pacífico deixou esse mundo aos 89 anos, ocasião na qual morava no sítio do amigo Frederico Mogentale. Com pouquíssima instrução escolar (na escola, só foi até o primário), a qualidade da construção poética de sua obra recebeu os maiores elogios de Manuel Bandeira e Guilherme de Almeida.

 

Texto: Sandra Cristina Peripato

Fonte: www.cantinhojoaopacifico3.blogspot.com

 

MÚSICAS DE AUTORIA DE JOÃO PACÍFICO

 

- Alpendre da Saudade - João Pacífico e Edmundo Souto
- Amanhã - João Pacífico
- A Mulher e o Trem - Raul Torres e João Pacífico
- A Seca do Nordeste - João Pacífico e Nenete
- Cabocla Tereza - João Pacífico e Raul Torres
- Caco de Vidro - João Pacífico
- Cadê Minha Morena - Raul Torres e João Pacífico
- Canção do Arco-íris - Edmundo Souto, João Pacífico e Paulinho Tapajós
- Cantando - João Pacífico
- Carro de Boi - João Pacífico e Teddy Vieira
- Casa de Palha- João Pacífico
- Casa Grande - Chico Vieira e João Pacífico
- Cerca de Taquara - João Pacífico
- Chico Mulato - Raul Torres e João Pacífico
- Churrascada - João Pacífico
- Cinquentenário da Viola - João Pacífico
- Cobra Venenosa - Raul Torres e João Pacífico
- Condenada - João Pacífico e Correia Leite
- Conselho de Caboclo - João Pacífico
- Contando Fita - Raul Torres e João Pacífico
- Coquetel da Vida - Portinho e João Pacífico
- Coroa de Estrelas - Raul Torres e João Pacífico
- Custou Pra Arranjar - Antônio Rago e João Pacífico
- Descoberta do Brasil - Raul Torres e João Pacífico
- Distante - João Pacífico
- Doce de Cidra - João Pacífico
- Doce de Coco - Jacob do Bandolim e João Pacífico
- E a Viola Não Pode Faltar - João Pacífico
- É o Papudo Quem Dá - Raul Torres e João Pacífico
- Eh Companheiros - João Pacífico
- Encontro de Poetas - João Pacífico e Dino Franco
- Enquanto a Estrela Brilhar - Raul Torres e João Pacífico
- Entardecer na Serra - João Pacífico
- Espinhos da Saudade - João Pacífico
- Esqueça Tua Maria - Raul Torres e João Pacífico
- Está Faltando uma Viola no Museu - João Pacífico
- Estória de um Prego - João Pacífico
- Estrada da Vida - Raul Torres e João Pacífico
- Eterna Ilusão - João Pacífico
- Eu Faço um Arrasta-pé - Raul Torres e João Pacífico
- Eu Sou Festeiro - Raul Torres e João Pacífico
- Festança no Rancho Fundo - João Pacífico e Serrinha
- Fim da Estrada - João Pacífico
- Fim de Felicidade - Luizinho e João Pacífico
- Fiozinho D'água - João Pacífico
- Foi no Romper da Aurora - Raul Torres e João Pacífico
- Formosa Morena - Antenógenes Silva e João Pacífico
- Frango dom Polenta - João Pacífico
- Geada - João Pacífico
- Gostinho de Saudade - João Pacífico e Piraci
- Goteira - João Pacífico
- Herança - João Pacífico
- Homenagem na Montanha - João Pacífico
- Iaiá Cadê o Lírio - Raul Torres e João Pacífico
- Irmã da Saudade - Portinho e João Pacífico
- Jangada do Norte - Raul Torres e João Pacífico
- Juca - João Pacífico e Adauto Santos
- Lágrimas de Amor - Antônio Rago e João Pacífico
- Limpeza - João Pacífico
- Mancha de Vinho - João Pacífico
- Mandamento das Muié - Raul Torres e João Pacífico
- Menina de Fábrica - Raul Torres e João Pacífico
- Meu Bem Querê - João Pacífico e Arnaldo Meirelles
- Meu Cantinho - Campos Salles e João Pacífico
- Meu Pedaço de Sertão - João Pacífico
- Meu São João - Antônio Rago e João Pacífico
- Meu Vizinho Sabiá - João Pacífico e Ricieri Faccioli
- Minas Gerais - Raul Torres e João Pacífico
- Minha Gravação - Portinho e João Pacífico
- Minha História Musical - José Fortuna, Raul Torres, João Pacífico e Alvarenga
- Minha Rua - João Pacífico
- Mourão da Porteira - Raul Torres e João Pacífico
- Não Convém - Antônio Rago e João Pacífico
- Neném Sai da Garoa - Raul Torres e João Pacífico
- No Banquinho - João Pacífico
- No Fim da Estrada - João Pacífico
- No Jóquei Clube - Antônio Rago e João Pacífico
- Nossa Homenagem - Portinho e João Pacífico
- O Canto do Carreiro - João Pacífico e Odair
- O Pretinho do Rosário - Raul Torres e João Pacífico
- O que Ficou no Sertão - Raul Torres e João Pacífico
- O Sonho do Rei - Portinho e João Pacífico
- O Teu Retrato - Raul Torres e João Pacífico
- O Vizinho me Contou - Raul Torres e João Pacífico
- Onde Estará Meu Amor - Portinho e João Pacífico
- Onde Vais Maria - Raul Torres e João Pacífico
- Ouro Branco - Raul Torres e João Pacífico
- Paisagem - João Pacífico
- Paisagem de Barretos - João Pacífico
- Perto do Coração - Raul Torres e João Pacífico
- Pingo D'Água - Raul Torres e João Pacífico
- Piracema - João Pacífico e José Márcio Castro Alves
- Pirangi - João Pacífico e Fred
- Por Teu Olhar - Raul Torres e João Pacífico
- Prelúdio - João Pacífico
- Progresso - João Pacífico
- Quadro a Óleo - João Pacífico
- Quando Bate a Ave Maria - João Pacífico e José Marcílio
- Rádio Moderno - Raul Torres e João Pacífico
- Ranchinho Abandonado - João Pacífico e Raul Torres
- Retrato de Mãe - Antônio Rago e João Pacífico
- Rio Tietê - João Pacífico e Passoca
- Rolinha Cabocla - Raul Torres e João Pacífico
- Rosa e Maria - João Pacífico
- Rosinha - João Pacífico
- São João do Rancho Fundo - Raul Torres e João Pacífico
- Saudade - Raul Torres e João Pacífico
- Saudade da Glorinha - Fred Williams e João Pacífico
- Saudade e Ilusão - Antônio Rago e João Pacífico
- Se a Viola Contasse - João Pacífico e Florêncio
- Seu João Nogueira - Raul Torres e João Pacífico
- Sinfonia Nacional - João Pacífico
- Sonata de Flautas - João Pacífico
- Sonhos de Outrora - João Pacífico e Mário Ramos
- Sou Festeiro - Raul Torres e João Pacífico
- Tapera Caída - João Pacífico
- Tema Novo - João Pacífico
- Tia Sabina - Raul Torres e João Pacífico
- Tomando Quentão - Arnaldo Meirelles e João Pacífico
- Toquinho de Vela - João Pacífico e Rui Machado
- Três Nascentes - João Pacífico
- Treze Listas - João Pacífico
- Triste Bilhete - João Pacífico
- Uma Velha Carta - João Pacífico
- Vai com Deus - Antônio Rago e João Pacífico
- Vai se Chamar Saudade - João Pacífico
- Vamos Continuar - Antônio Rago e João Pacífico
- Vendendo Bicho aos Pedaços - Raul Torres e João Pacífico
- Viola Cor de Vinho - João Pacífico
- Vontade de Voltar - João Pacífico

 

DISCOGRAFIA

 

LPs e CDs

 

JOÃO PACÍFICO - 1977 - BEVERLY - BCD-834
01) Está Faltando uma Viola no Museu - João Pacífico
02) Estória de um Prego - João Pacífico
03) Tapera Caída - João Pacífico
04) Limpeza - João Pacífico

 

JOÃO PACÍFICO - SÉRIE DOCUMENTO SERTANEJO - 1980 - BERRANTE/WEA - BR-79.003
01) Chico Mulato - Raul Torres e João Pacífico
02) No Mourão da Porteira - Raul Torres e João Pacífico
03) No Fim da Estrada - João Pacífico
04) Rosinha - João Pacífico
05) Uma Velha Carta - João Pacífico
06) Três Nascentes - João Pacífico
07) Mancha de Vinho - João Pacífico
08) Cabocla Tereza - João Pacífico e Raul Torres
09) Pingo D'Água - Raul Torres e João Pacífico
10) Cinquentenário da Viola - João Pacífico
11) Vai se Chamar Saudade - João Pacífico
12) No Banquinho - João Pacífico
13) Minha Rua - João Pacífico

 

 

A MÚSICA BRASILEIRA DESTE SÉCULO POR SEUS AUTORES E INTÉRPRETES - JOÃO PACÍFICO - 2000 - SESC-SP - JCB-0709-008
01) Cabocla Tereza - João Pacífico e Raul Torres
02) Chico Mulato - Raul Torres e João Pacífico
03) Seu João Nogueira - Raul Torres e João Pacífico
04) Mourão da Porteira - Raul Torres e João Pacífico
05) Pingo D'Água - Raul Torres e João Pacífico
06) Treze Listas - João Pacífico
07) No Banquinho - João Pacífico
08) Tapera Caída - João Pacífico
09) Ranchinho Abandonado - João Pacífico e Raul Torres
10) Pirangi - João Pacífico e Fred
11) Gostinho de Saudade - João Pacífico e Piraci
12) Goteira - João Pacífico
13) Alpendre da Saudade - João Pacífico e Edmundo Souto
14) Tema Novo - João Pacífico
15) Estória de um Prego - João Pacífico

 

MÚSICAS

 

 

VÍDEOS

 

João Pacífico interpretando "Mancha de Vinho" no Programa Viola Minha Viola

Adauto Santos, João Pacífico, Nonô Basílio e Moraes Sarmento em 13/05/1980 no Programa Viola Minha Viola

João Pacífico, Inezita Barroso e Adauto Santos interpretando "Cabocla Tereza" no Programa Viola Minha Viola

 

FOTOS

 

Visual LightBox Gallery generated by VisualLightBox.com
João Pacífico - 001 João Pacífico - 002 João Pacífico - 003 João Pacífico - 004 João Pacífico - 005 João Pacífico - 006 João Pacífico - 007 João Pacífico - 008 João Pacífico - 009 João Pacífico - 010 João Pacífico - 011 João Pacífico - 012 João Pacífico - 013 João Pacífico - 014 João Pacífico - 015 João Pacífico - 016 João Pacífico - 017 João Pacífico - 018 João Pacífico - 019 João Pacífico - 020 João Pacífico - 021 João Pacífico - 022 João Pacífico - 023 João Pacífico - 024 João Pacífico - 025 João Pacífico - 026 João Pacífico - 027 João Pacífico - 028 João Pacífico - 029 João Pacífico com 12 anos João Pacífico e Adauto Santos em 1992 João Pacífico e Dino Franco João Pacífico e José Márcio Castro Alves em 1992 João Pacifico e Raul Torres João Pacífico e Vera Lúcia João Pacífico em outubro de 1998 João Pacífico no Viola Minha Viola - 22-04-1992 João Pacífico, Deda e Tuca João Pacífico, Florêncio e Raul Tôrres no Aeoroporto de Congonhas em 1945 João Pacífico, Gonçalo (Pardal) e João Valente, Agenor de Souza e Tonico Martins João Pacífico, Lourival dos Santos e Teddy Vieira João Pacífico, Moraes Sarmento, Nonô Basílio e Adauto Santos João Pacífico, Palmeira, Julião da Viola, Leôncio, Lourival dos Santos, Leonel, Pedro Bento, Ivani, Teddy Vieira, Carlinhos e Irmãos Kurimori João Pacífico, Serrinha e Mariano João Pacífico, Serrinha e Raul Tôrres Raul Tôrres, Florêncio e João Pacífico - 1943 Sérgio Reis e João Pacífico Serrinha, Raul Tôrres e João Pacífico Dyrcinha Batista, João Pacífico e Raul Tôrres em 1938 Dyrcinha Batista, João Pacífico e Raul Tôrres João Pacífico - Reportagem Revista Sertaneja - 001 João Pacífico - Reportagem Revista Sertaneja - 002 João Pacífico - Reportagem Revista Som do Sertão - 001 João Pacífico - Reportagem Revista Som do Sertão - 002 João Pacífico - Reportagem Revista Som do Sertão - 003 João Pacífico - Reportagem Revista Som do Sertão - 004 João Pacífico - Revista Som Sertanejo João Pacífico - Revista Viola Caipira - Vol. 11 (maio-junho de 2005) visual lightbox for MACby VisualLightBox.com v6.1